Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.9/1050
Título: Património geológico no litoral de Peniche : geomonumentos a valorizar e divulgar
Autor: Romão, José Manuel
Palavras-chave: Património geológico
Geoturismo
Geosítios
Geomonumentos
Peniche (Portugal)
Data: 2009
Citação: Romão, José Manuel - Património geológico no litoral de Peniche : geomonumentos a valorizar e divulgar. In: Geonovas, nº 22 (2009), p. 21-33
Resumo: A paisagem litoral que se observa, ao longo da sinuosa costa de Peniche, é de uma monumental beleza estética. Esta espectacularidade paisagística resultou da enorme variedade de elementos, ambientes e processos de natureza geológica-geodiversidade, os quais constituem documentos que testemunham a história da Terra. Ao caminhar pela costa de Peniche observam-se sítios, estruturas ou objectos geológicos, bem delimitados geograficamente que, pela sua favorável localização, conteúdo, peculiaridade ou mesmo raridade, apresentam elevado valor científico, educativo, cultural, paisagístico e geoturístico. Esses sítios, afloramentos ou paisagens, constituem importantes georrecursos não renováveis e designam-se, na generalidade, como Locais de Interesse Geológico (LIGs) ou geossítios. Quando apresentam elevada singularidade e interesse didáctico ou monumentalidade natural são considerados como geomonumentos. No litoral de Peniche ocorrem numerosos exemplos de geossítios, dos quais se destacam: - Horst do arquipélado das Berlengas: planalto de granito rosa da Berlenga e os picos metamórficos dos Farilhões, - Campo de lapiás do Cabo Carvoeiro-Remédios; formas zoomórficas e labirínticas, - Registo sedimentar da Ponta do Trovão com a idade de 183 milhões de anos, - Erupção vulcânica da Papoa, - Monoclinal e tômbolo do Baleal - Gruta da Furninha A valorização dos geossítios acima mencionados e a sua divulgação à população em geral, e tirística em particular, potenciam um maior desenvolvimento económico para a regi-ao. Na perspectiva da preservação e conservação deste património cultural, bem como do seu aproveitamento geoturístico, sugere-se que todos os locais referidos sejam classificados como geossítios de âmbito local, regional e nacional e integrados no sistema de informação sobre o património natural.
URI: http://hdl.handle.net/10400.9/1050
Aparece nas colecções:GCG - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Romão_Geonovas22_p21.pdf2,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.