Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.9/1097
Título: Interesse patrimonial dos aspectos geológicos e geomorfológicos da região de Aveleda-Baçal, Parque Natural de Montesinho, NE de Portugal
Autor: Meireles, Carlos
Pereira, Diamantino Ínsua
Alves, Maria Isabel C.
Pereira, P.
Palavras-chave: Património geológico
Geomorfologia
Região de Aveleda (Portugal)
Região de Baçal (Portugal)
Parque Natural de Montesinho (Portugal)
Portugal (Nordeste)
Data: 2002
Citação: Meireles, Carlos; Pereira, Diamantino Ínsua; Alves, Maria Isabel C.; Pereira, P. - Interesse patrimonial dos aspectos geológicos e geomorfológicos da região de Aveleda-Baçal, Parque Natural de Montesinho, NE de Portugal. In: Comunicações do Instituto Geológico e Mineiro, Tomo 89 (2002), p. 225-238
Resumo: O Parque Natural de Montesinho (PNM) fica situado no Nordeste de Portugal, abrange a parte norte dos concelhos de Vinhais e Bragança e engloba as serras da Coroa e Montesinho. Geologicamente o PNM situa-se nas unidades autóctones da Zona Centro Ibérica e nas unidades parautóctones e alóctones da Zona Galiza-Trás-os-Montes. Nesta primeira abordagem acerca do Património Geológico do PNM, faz-se a análise da região situada entre Aveleda e Baçal, cuja clareza das formas de relevo e a definição das relações com a geologia e com a tectónica, no seio de uma área protegida, são razões para a sua valorização. Assim, no presente trabalho descrevem-se e interpretam-se os aspectos geomorfológicos desta região. A partir de locais de observação estabelecidos é possível constatar que a região de Aveleda-Baçal corresponde ao bloco abatido de um graben controlado por falhas de orientação NNE-SSW, com destaque para a falha de Portelo que origina uma escarpa pelo soerguimento do bloco ocidental e abatimento a leste. No bloco ocidental deste acidente tectónico estão representados restos de uma superfície de aplanamento a cotas superiores a 900 metros (superfície de Espinhosela) e para norte a serra de Montesinho (1481 m), um bloco mais elevado de topos relativamente aplanados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.9/1097
ISSN: 0873-948X
Aparece nas colecções:HPGM - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Com89_p225.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.