Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.9/1218
Título: Recuperação Ecológica de Pedreiras no Parque Natural da Arrábida
Autor: Rodrigues, Fátima
Santos, I.
Loureiro, David
Monteiro, C.
Madeira, G.
Palavras-chave: Pedreiras
Recuperação
Parque Nacional da Arrábida
Data: Abr-2010
Citação: Rodrigues, F.; Santos, I.; Loureiro, D.; Monteiro, C.; Madeira, G. Recuperação Ecológica de Pedreiras no Parque Natural da Arrábida. Poster apresentado na Conferência Geodiversidade e Biodiversidade no Território do Litoral de Lisboa e Oeste, 22 Abril de 2010, Auditório da Ecoteca da Serra de Aires e Candeeiros, Porto de Mós.
Resumo: Entende-se por recuperação ecológica o processo de auxílio ao restabelecimento de um ecossistema que foi degradado, danificado ou destruído,devendo-se assumir a conservação da sua biodiversidade de modo a garantir a possibilidade de retorno à sua trajectória histórica ou à desejada, tornando-o auto-sustentável. É neste contexto, que foram seleccionadas 2 pedreiras do núcleo Achada e Calhariz, das 11 licenciadas no Parque Natural da Arrábida (PNA), onde foram implementados, nas áreas já exploradas, os Planos Ambientais e de Recuperação Paisagística (PARP). No sentido de incentivar a implementação desses planos foi celebrado, em regime de parceria, um protocolo com o objectivo de produção de plantas autóctones (1999-2006) que envolveu a EDP, o INETI (actualmente LNEG), o PNA e os municípios de Setúbal e Palmela. Este protocolo resultou do desenvolvimento do projecto “Valorização de Efluentes Térmicos em Agricultura Protegida”, o qual deu origem à Estação de Propagação de Plantas Autóctones (EPPA) na Central Termoeléctrica de Setúbal (CTS), onde se produziram espécies vegetais autóctones e algumas com estatuto de protecção, que foram utilizadas neste núcleo e em outros planos de outras áreas protegidas e em locais de intervenção do grupo EDP. As espécies para a recuperação, das áreas já exploradas destas pedreiras, foram seleccionadas pelo PNA de acordo com os habitats pré-existentes e que ocorrem nas áreas envolventes para plantação entre 2001-2004 e monitorizadas desde então.
URI: http://hdl.handle.net/10400.9/1218
Aparece nas colecções:ES - Posters

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICNB_LNEG_DLoureiro2010.pdf6,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.