Laboratório Nacional de Energia e Geologia Repositório Científico do LNEG
 

Repositório do LNEG >
GEOCIÊNCIAS >
Hidrogeologia e Águas Subterrâneas - HAS >
HAS - Comunicações em actas de encontros científicos nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.9/434

Título: Utilização de isótopos de azoto na avaliação e caracterização do impacte da agricultura na qualidade da água subterrânea : resultados preliminares do Sistema Aquífero dos Gabros de Beja
Autor: Paralta, Eduardo
Fernandes, Rosa M.
Carreira, Paula M.
Ribeiro, Luís F.
Palavras-chave: Aquíferos
Isótopos
Águas subterrâneas
Agricultura
Impacto ambiental
Poluição da água
Azoto
Nitratos
Sistema Aquífero dos Gabros de Beja (Portugal)
Issue Date: 2006
Citação: Paralta, Eduardo; Fernandes, Rosa M.; Carreira, Paula; Ribeiro, Luís T. Utilização de isótopos de azoto na avaliação e caracterização do impacte da agricultura na qualidade da água subterrânea : resultados preliminares do Sistema Aquífero dos Gabros de Beja. In: Actas do VIII Congresso Nacional da Água, 13-17 Março 2006.
Resumo: Apresentam-se os resultados preliminares da utilização de isótopos de azoto na avaliação e caracterização do impacte da agricultura na qualidade da água subterrânea no âmbito das preocupações com a extensão da contaminação difusa no Sistema Aquífero dos Gabros de Beja e recente publicação da Zona Vulnerável de Beja (Portaria 1100/2004 de 3 Setembro). Os trabalhos de investigação são financiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (POCTI/AGG/47223/2002) e decorrem na região de Beja (2004-2007). Os isótopos estáveis de azoto (ratio 15N/14N) podem ser usados na identificação das origens da contaminação difusa das águas subterrâneas, dado que nas áreas agrícolas as duas principais causas de nitrato na água subterrânea são a fertilização e a pecuária, que apresentam diferente assinatura isotópica de d15N. A contribuição relativa das duas principais origens de poluição das águas subterrâneas e superficiais podem ser medidas por balanço de massa. A análise conjunta dos isótopos d18O e d15N do ião nitrato constitui um processo válido na identificação das fontes da poluição. Os resultados preliminares obtidos não são conclusivos relativamente à origem agrícola do N-NO3 na água subterrânea. Será necessário realizar trabalhos adicionais em situação de ano hidrológico normal. Pretende-se com o projecto adquirir conhecimentos científicos inovadores no sentido de apoiar as decisões políticas relacionadas com o desenvolvimento sustentável e a preservação dos recursos hídricos em regiões afectadas por contaminação agrícola difusa e contribuir para a aplicação da legislação nacional e directivas comunitárias no domínio das Zonas Vulneráveis e da Directiva Quadro da Água.
URI: http://hdl.handle.net/10400.9/434
Appears in Collections:HAS - Comunicações em actas de encontros científicos nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
31226.pdf589,38 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I.P. - Repositório Científico do LNEG - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia