Laboratório Nacional de Energia e Geologia Repositório Científico do LNEG
 

Repositório do LNEG >
GEOCIÊNCIAS >
Hidrogeologia e Águas Subterrâneas - HAS >
HAS - Comunicações em actas de encontros científicos nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.9/434

Título: Utilização de isótopos de azoto na avaliação e caracterização do impacte da agricultura na qualidade da água subterrânea : resultados preliminares do Sistema Aquífero dos Gabros de Beja
Autor: Paralta, Eduardo
Fernandes, Rosa M.
Carreira, Paula M.
Ribeiro, Luís F.
Palavras-chave: Aquíferos
Isótopos
Águas subterrâneas
Agricultura
Impacto ambiental
Poluição da água
Azoto
Nitratos
Sistema Aquífero dos Gabros de Beja (Portugal)
Issue Date: 2006
Citação: Paralta, Eduardo; Fernandes, Rosa M.; Carreira, Paula; Ribeiro, Luís T. Utilização de isótopos de azoto na avaliação e caracterização do impacte da agricultura na qualidade da água subterrânea : resultados preliminares do Sistema Aquífero dos Gabros de Beja. In: Actas do VIII Congresso Nacional da Água, 13-17 Março 2006.
Resumo: Apresentam-se os resultados preliminares da utilização de isótopos de azoto na avaliação e caracterização do impacte da agricultura na qualidade da água subterrânea no âmbito das preocupações com a extensão da contaminação difusa no Sistema Aquífero dos Gabros de Beja e recente publicação da Zona Vulnerável de Beja (Portaria 1100/2004 de 3 Setembro). Os trabalhos de investigação são financiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (POCTI/AGG/47223/2002) e decorrem na região de Beja (2004-2007). Os isótopos estáveis de azoto (ratio 15N/14N) podem ser usados na identificação das origens da contaminação difusa das águas subterrâneas, dado que nas áreas agrícolas as duas principais causas de nitrato na água subterrânea são a fertilização e a pecuária, que apresentam diferente assinatura isotópica de d15N. A contribuição relativa das duas principais origens de poluição das águas subterrâneas e superficiais podem ser medidas por balanço de massa. A análise conjunta dos isótopos d18O e d15N do ião nitrato constitui um processo válido na identificação das fontes da poluição. Os resultados preliminares obtidos não são conclusivos relativamente à origem agrícola do N-NO3 na água subterrânea. Será necessário realizar trabalhos adicionais em situação de ano hidrológico normal. Pretende-se com o projecto adquirir conhecimentos científicos inovadores no sentido de apoiar as decisões políticas relacionadas com o desenvolvimento sustentável e a preservação dos recursos hídricos em regiões afectadas por contaminação agrícola difusa e contribuir para a aplicação da legislação nacional e directivas comunitárias no domínio das Zonas Vulneráveis e da Directiva Quadro da Água.
URI: http://hdl.handle.net/10400.9/434
Appears in Collections:HAS - Comunicações em actas de encontros científicos nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
31226.pdf589,38 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I.P. - Repositório Científico do LNEG - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia