Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.9/859
Título: Nouvelles observations dans le dépocentre volcano-sédimentaire carbonifère du Massif du Tazekka, Moyen-Atlas, Maroc : implications sur l'évolution géodynamique de la chaîne Hercynienne
Autor: Bennouna, A.
Abbou, M. Ben
Hoepffner, C.
Ribeiro, Maria Luísa
Kharbouch, F.
Ramos, João Farinha
Youbi, N.
Driouch, Y.
Dahire, M.
Ntarmouchant, A.
Palavras-chave: Cadeia hercínica
Vulcanismo
Evolução geodinâmica
Meseta Marroquina
Data: 2004
Citação: Bennouna, A.; Abbou, M. Ben; Hoepffner, C.; Ribeiro, Maria Luísa; Kharbouch, F.; Ramos, João Farinha; Youbi, N.; Driouch, Y.; Dahire, M.; Ntarmouchant, A. - Nouvelles observations dans le dépocentre volcano-sédimentaire carbonifère du Massif du Tazekka, Moyen-Atlas, Maroc : implications sur l'évolution géodynamique de la chaîne Hercynienne. In: Comunicações Geológicas, Tomo 91 (2004), p. 45-60
Relatório da Série N.º: Comunicações Geológicas
Resumo: A análise integrada das estruturas tectónicas e das fácies do Complexo Vulcano Sedimentar do Maciço de Tazekka sugere que este, à escala da grande bacia carbonífera de ante país da Meseta Oriental marroquina, corresponde a um depocentro ou sub bacia em compressão controlada pela propagação, para NW, de dobras de amortecimento do cavalgamento de Hajra Sbaa el Caid. As sequências tectono sedimentares, detrito conglomeráticas e/ou tufíticas, estão associadas a um magmatismo extrusivo com basaltos, andesitos, dacitos, riodacitos e riólitos homogéneos ou piroclásticos com blocos re sedimentados. Estes vulcanitos correspondem a uma sequência sub alcalina equivalente. As sequências calco alcalinas orogénicas características de ambientes de subducção. Estes resultados, assim como a comparação das idades de contracção regional na Meseta marroquina, permitem integrar o Maciço de Tazekka num contexto de wedge top deepzone dum sistema de bacias de ante país flexural, em compressão comandada pela progressão de duas sequências de cavalgamentos prógrados, de NW, desde o Fameno Tournaisiano ao Viseano sup. Terminal Westfaliano inf., da Meseta Oriental para a Meseta Ocidental, em Marrocos setentrional.
URI: http://hdl.handle.net/10400.9/859
ISSN: 0873-948X
Aparece nas colecções:GCG - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Com91_p45.pdf10,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.